Rihanna rouba a cena na final da NBA, provoca Durant e defende LeBron

Cantora assistiu ao Jogo 1 da primeira fila na Oracle Arena

Estadão/Dez Minutos

Foto: Kyle Terada/ USA Today Sports

São Paulo – Um dos principais personagens do Jogo 1 da final da NBA, vencida pelo Golden State Warriors por 113 a 91 sobre o Cleveland Cavaliers, não foi um jogador, mas sim uma torcedora ilustre.

A cantora Rihanna, declaradamente fã de LeBron James, estava sentada na primeira fila da Oracle Arena, em Oakland, e fez de tudo para provocar e desconcentrar os jogadores do time da casa. E parece que ela foi ouvida por quem estava dentro da quadra.

A quatro minutos do fim do último quarto, Kevin Durant conseguiu anotar uma cesta de três e, enquanto voltava para defender, ele aparentemente encarou a cantora e balançou a cabeça, em sinal de negação.

Na coletiva após a partida, um repórter perguntou se o olhar fulminante realmente havia sido na direção de Rihanna. Stephen Curry, que estava ao lado dele na entrevista, fez uma cara de surpresa ao ouvir a questão e aconselhou o companheiro para “não cair nessa armadilha”. Durant respondeu que nem lembrava da encarada e que não iria “cair na armadilha”.

 

Em outro momento da partida, enquanto Durant estava cobrando um lance livre, Rihanna já havia gritado “brick!”, gíria que significa um arremesso muito ruim. À ocasião, ele também confirmou a cesta e ficou olhando para onde ela estava sentada.

 

O REI CONTINUA

Ao final do jogo, Rihanna foi provocada por alguns torcedores do Warriors no caminho para fora do ginásio. “Não importa, vadia. O Rei continua sendo o Rei”, respondeu ela, em referência ao apelido de LeBron James, chamado de “The King” (“O Rei”, em português).

 

 

VÍDEOS