Casal junta moedas por cinco anos para realizar sonho de comprar um fusca

Manaus – Após cinco anos juntando moedas de R$ 1 e R$ 0,50 em um cofre, um casal realizou o sonho de comprar um Fusca, nesta terça-feira (14). Mayara Pessanha, 22, e o marido Erlan Negreiros, 30, são casados há cinco anos e ele é colecionador de objetos retrô e sempre sonhou em ter um Fusca. Além de realizarem o sonho, ainda ajudaram o antigo dono, que precisava de dinheiro para fazer uma cirurgia.

Quando se conheceram, Mayara contou que Erlan sempre falava sobre Fuscas e ela não gostava, por achar que era um carro velho. Segundo ela, com o tempo, ele foi a conquistando com a ideia e o sonho passou a ser dos dois. “Ele começou a fazer a minha mente e nos unimos para conseguir nosso Fusquinha. Era um sonho dele que acabou se tornando meu também”, disse.

Segundo Mayara, após assistirem um filme em que um casal juntava dinheiro em um cofre, eles decidiram fazer o mesmo. Mayara e Erlan compraram um cofre e começaram a juntar moedas de R$ 1 e R$ 0,50 para comprar o tão sonhado Fusca. “Compramos um vaso grande e o transformamos em cofre, por causa do tamanho. Isso para podermos colocar mais dinheiro”.

O casal já estava à procura de um Fusca para comprar desde 2014, mas só achavam com valores acima do que tinham no cofre, de acordo com Mayara. Então um amigo do casal os marcou em um anúncio de venda em uma rede social, eles entraram em contato com o dono e, após cinco anos, conseguiram o tão sonhado Fusca.

Além da realização, Mayara e Erlan comentaram que ficaram felizes com o investimento, porque o antigo dono do carro o colocou a venda por estar doente e precisava de dinheiro para fazer uma cirurgia. “Ele já tem uma idade avançada, nos sensibilizamos. Ele tinha uma paixão pelo Fusquinha, mas a saúde falou mais alto”, comentou Mayara.

Erlan contou que sempre contava para seus amigos que seu primeiro carro seria um Fusca. Após a ideia do cofre, o sonho foi ficando cada vez mais perto, apesar da dificuldade de encontrar o carro que ‘coubesse no cofre’.

“A gente procurou um branco, mas não deu certo. Um creme, mas também nada. Encontramos esse, com a documentação toda perfeita e acabamos comprando, com um monte de moedinhas”, brincou.

Para Erlan, o Fusquinha é mais uma peça da coleção. Apesar de ter o Fusca há um dia, ele já pensou em melhorias para fazer com o seu novo artigo. “Vou fazer a lataria dele toda, colocar suspensão a ar, mexer no motor. Vou endireitar por completo e ele vai ficar impecável”, disse, exaltando a felicidade pelo sonho realizado. “O Fusca vem de geração em geração. Hoje em dia, é uma coisa maravilhosa que todo mundo quer ter. Tendo esse luxo todo no mundo e as pessoas ainda querem os Fusquinhas”.

VÍDEOS