‘A Bela e a Fera’ mobiliza fãs com concurso de cosplay e livro, em Manaus

Foto: Divulgação/Disney

Lennon Jorge / portal@d24am.com

Manaus – Já em cartaz nos cinemas, a versão live-action do clássico Disney ‘A Bela e a Fera’ mobilizará fãs, neste sábado (18), na Livraria Leitura do Amazonas Shopping. No encontro, marcado para às 16h, está programado o lançamento do livro oficial do filme e um concurso de cosplay.

Uma das organizadoras, Mayara Tashiro, autora do blog Silêncio Contagiante, revelou que o evento surgiu como uma forma de unir e discutir o que mais agradou aos que já assistiram ao longa-metragem. “Mas, principalmente, incitar aqueles que ainda estão na dúvida a assistir e ler o livro oficial do filme. Durante o evento, pretendemos traçar um panorama entre a animação e o live-action, apresentar o livro/roteiro, fazer um concurso cosplay e algumas dinâmicas”, adiantou, ressaltando que serão sorteados alguns ingressos para uma sessão cinematográfica exclusiva, com direito a debate, ao final.

Questionada sobre a forma como as três obras serão avaliadas durante o encontro — animação, filme e livro —, Mayara preferiu recomendar aos interessados que apreciem todas. “O livro, que está sendo publicado pela editora Universo dos Livros, em parceria com a Disney, representa o filme atual no formato literário.

Aqueles que amam ler e até os que gostam muito de ‘A Bela e a Fera’, desde de a animação, vão adorar ter o livro em mãos, já que os três são muito fieis. Eu assisti ao filme durante toda a minha infância. Um dia desses, eu parei para assistir um trechinho e acabei vendo o filme inteiro. Ao ler o livro, eu conseguia visualizar cada cena, cada momento único, cheguei até a ouvir a trilha sonora na minha cabeça e a cantarolar”, confidenciou.

 

Uma Bela não tão clássica

Também na organização do encontro, Tammy Rosas, do blog Circo Literário, já conferiu a nova versão do clássico e elogiou a interpretação feita pela atriz Emma Watson. “Vindo de alguém que já assistiu ao filme, percebe-se claramente que a Emma colocou algumas características próprias na personagem. Ela é uma Bela menos delicada, apesar de sonhar com o príncipe encantado e ser apaixonada por romances. No filme, ela é uma inventora e sofre mais ainda nas mãos das pessoas da vila do que na animação. Na animação, as pessoas apenas questionam as peculiaridades dela, enquanto, no filme, essas pessoas vão totalmente contra o que Bela acredita”.

Contudo, ressalta Tammy, não são os princípios pessoais ou interesses de Emma Watson — conhecida pelo engajamento em causas sociais — que determinam o perfil da nova Bela. “Emma é atriz, é uma profissional e fez o filme bem. Sem contar que a Bela é uma das mais independentes princesas. Ela repudia as atitudes de Gaston, além de ser considerada uma mulher à frente de seu tempo. Bela não se contenta com uma simples vida de doméstica ou camponesa e acho que isso tornou a situação mais confortável ainda para Emma fazer o papel. Mas, de qualquer forma, ela é atriz e é — assim como o feminismo defende — livre para fazer o que quiser”, concluiu.

VÍDEOS