Amazonas Filarmônica apresenta concerto inspirado em comédia de Shakespeare

A obra 'Sonhos de Uma Noite de Verão', de Felix Mendelssohn, é conhecida pela 'Marcha nupcial', até hoje tocada em casamentos. Evento será nesta quinta-feira

Carla Albuquerque

Manaus – Inspirada numa das mais famosas comédias de Shakespeare, ‘Sonhos de Uma Noite de Verão’, de Felix Mendelssohn, é a atração do concerto que a Amazonas Filarmônica apresenta, nesta quinta-feira (1º), às 20h, no Teatro Amazonas. O espetáculo faz parte da Série Guaraná de concertos de música erudita, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Amazonas Filarmônica apresenta ‘Sonhos de uma noite de verão’ em concerto, nesta quinta (Foto: Michael Dantas/SEC)

Sob a regência de Luiz Fernando Malheiro, titular da Amazonas Filarmônica, a apresentação do concerto reúne a abertura, escrita por Mendelssohn (1809-1847), quando o compositor alemão contava apenas 17 anos de idade, e a música incidental para a peça, composta 16 anos mais tarde. “É uma obra bonita e delicada, com orquestra e coro feminino”, comentou Malheiro.

O concerto contará com a participação de duas solistas, as sopranos Isabelle Sabrié e Amanda Aparício – esta pela primeira vez se apresentando com a Amazonas Filarmônica – e ainda do ator Matheus Sabbá, no papel de narrador, fazendo a ligação entre os números musicais e as cenas da peça original de William Shakespeare (1564-1616).

Uma curiosidade sobre a versão musical de ‘Sonhos de uma noite de verão’ é a sua ‘Marcha Nupcial’: o arranjo original em dó maior, que serve de intermezzo entre o quarto e o quinto atos da peça, até hoje é usado na trilha sonora de cerimônias de casamento, sendo uma das composições musicais mais conhecidas em todo o mundo.

O concerto da Amazonas Filarmônica tem entrada gratuita para os camarotes, e ingressos a R$ 50 para plateia e frisas.

Agenda

A programação da Amazonas Filarmônica em março segue no dia 8, com um concerto reunindo o ‘Concerto para dois pianos nº 10’, de W.A. Mozart (1756-1791) e a ‘Suite Pulcinella’, de Igor Stravinsky (1882-1971), sob a condução de Malheiro.

Na apresentação da peça de Mozart, ao lado da orquestra, estarão ao piano os solistas, Marcelo de Jesus, também regente adjunto da Amazonas Filarmônica, e Renan Branco, músico convidado. A obra do compositor alemão é dividida em três movimentos: ‘Allegro’, ‘Andante’ e ‘Rondo’.

Já a ‘Suite Pulcinella’ contará com a participação de um quinteto solista, o Quinteto Elgar, formado por instrumentistas da Amazonas Filarmônica: Bárbara Soares e Igor Jouk (violinos), Diemerson Sena (viola), Anna Samokish (violoncelo) e Gabriel Neves Coelho (piano). Apresentada pela primeira vez em 1922, a suíte é derivada do balé homônimo de Stravinsky, escrito pelo compositor russo em 1920.

Após o concerto, que marca o encerramento da temporada 2017/2018 da Série Guaraná, a Amazonas Filarmônica fará uma nova pausa nas apresentações para se dedicar aos ensaios do Festival Amazonas de Ópera (FAO), que terá sua 21ª edição nos meses de abril e maio.

VÍDEOS